quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Na indiferença...

Foi na indiferença onde aprendi que nosso valor 
para algumas pessoas tem prazo de validade.
Que não adianta argumentarmos,
certos "não" nunca serão vencidos por sentimentos.
Foi na indiferença onde senti essa dor tão lacerante, 
pois o que antes era tudo de repente passa a ser nada.

(Samyra Almeida)


1 comentário:

  1. Samyra, bom dia... Super prazer está te visitando, acho q pela primeira vez...

    Muito bom teu espaço...

    E como dói saber que prazos podem existir...

    ResponderEliminar